29 set

Mais cedo, eu li uma pergunta: Até onde você iria por um amigo? Me deu vontade de escrever um texto sobre isso, e ele aqui está:

Vou falar dos meus três amigos verdadeiros. Talvez eu não tivesse conhecido eles, se depois daqueles três meses sem aulas, eu desse uma de CDF e passasse de ano mesmo assim. Mas eu não quis. Verdadeiramente. Eu já havia decidido dentro de mim que eu iria fazer de novo. E fui lá, fiz o que precisava pra que isso acontecesse. Não passei de ano. E não fiquei triste. Aquele ano em nenhum momento tinha sido muito feliz pra mim (a não ser na minha festa de quinze anos), então não desanimei. Daí chegou março, e começou as aulas de novo. Éramos três colegas do ano passado mais dezessete novos colegas. E se enganaram, se vocês pensaram que dois dos meus amigos verdadeiros são esses meus colegas mais antigos.  São três nomes: Gabriela, Rafaela e Yuri. Eu sou a mais velha, também, retardei de ano, então nem seria diferente. Mas vamos falar da importância dessas três pessoas na minha vida. Yuri é o cabeça da sala, CDF pra caralho (me desculpem por essa palavra, mas, é a pura verdade), e era uma pessoa solitária, sozinho naquela pequena sala de aula na qual ‘’residiam’’ pessoas só com gênios difíceis. Gabriela é uma menina falante, romântica, apaixonada, feliz, com uma voz que chama bastante atenção (e faz com que as professoras, que realmente são todas mulheres, enquanto o professor de sociologia não volta. Uma estagiária está estagiando na matéria dele na nossa turma). Já a Rafaela. Moleca. Bipolar. Isso lembra alguém? Sim, ela tem muitas características minhas misturadas com algumas que só ela tem. Rafaela é uma pessoa mais feliz que eu no amor. A Gabriela também. O Yuri nem sabe o que é amor. Pelo menos o amor que estamos falando não. Ou está descobrindo, mas nem quero falar sobre isso. Essas três ‘’criaturas’’, e eu, formamos um quarteto do cão. Daqueles que, ninguém segura, ninguém desmancha. Claro, que as vezes por um razão maior (que no caso é uma razão que me envolve mesmo que eu não queira que isso aconteça), um se afasta, ou é forçado a se afastar por um tempinho. É que eu e a Rafaela somos muito temperamentais. E o Yuri nos chateou um tanto, então ele fica meio afastado da gente por algum tempo, mas quando ele perceber que já dá pra se juntar de novo, ele volta (pelo menos eu espero que isso aconteça). Mas onde eu quero chegar? Não tem como eu dizer que eles são importantes pra mim sem explicar um pouco sobre eles. Se não vocês nem entenderiam o porquê de eu  precisar falar que por eles eu iria até o fim, o infinito. Por eles eu faria o possível e o impossível, o fácil e o difícil. Sério. Antes de encontrar eles eu realmente só tinha a minha mãe, uma pessoa que eu amo demais, claro. Mas eu sempre precisei de amigos, para eles eu posso contar coisas que nem meus parentes podem saber. Daí quando eu quase desisti, eles me aparecem e me fazem ser a pessoa mais feliz do mundo. Quando eu estou com eles eu até esqueço que em outros tipos de amores eu não sinto reciprocidade. Eles me fazem feliz, e eu os faço feliz. Eu os amo demais, melhores amigos! Abraço!

Anúncios

15 Respostas to “”

  1. anderson junio setembro 29, 2011 às 4:50 pm #

    Parabens Caroline
    otimo texto
    te desejo muita sorte e sucesso
    Parabens Pelo Blog.

  2. Allan setembro 29, 2011 às 5:36 pm #

    Blog nota 10 continue assim sucesso http://saocarlosnews.blogspot.com/

  3. Clara setembro 29, 2011 às 7:27 pm #

    Muito bom, adorei (L

  4. Apenas um Qualquer setembro 29, 2011 às 10:06 pm #

    adorei o texto. me fez refletir e lembrar de meus tempos com amigos (coisa que praticamente nem tenho hoje, e os que tenho estão longe de min pra caramba)…. nuss, melhor eu deixar de pensar nisso…

  5. Guilherme setembro 29, 2011 às 10:50 pm #

    Incrível como podemos ser amigos de pessoas com jeitos tão diferentes! Gostei dos seu texto, amigos de verdade são poucos, mas valiosos!

  6. Marcos Volk setembro 29, 2011 às 11:32 pm #

    Amizade é a coisa mais incrivel que se existe, devemos preservar as verdadeiras! ^^

    http://www.maisqueindelevel.com

  7. Marcos Volk setembro 29, 2011 às 11:34 pm #

    ah, e obrigado pelo comentário no meu blog tbm ^^ é bom saber que existem pessoas que ainda gostam de Nirvana! \m/

    beeeijos ;***

  8. Paula Vieira setembro 30, 2011 às 1:30 am #

    Amei o texto! Amigos são todos diferentes mais no final.
    são companheiros.
    Parabéns!

  9. hora do blush (@bloghrdoblush) setembro 30, 2011 às 1:32 am #

    sempre bons os textos..
    ameii

    http://www.hrdoblush.com/

  10. Fala que eu te escuto setembro 30, 2011 às 2:53 am #

    Muito bom, parabéns.

  11. lipe setembro 30, 2011 às 3:02 am #

    gosteii … amizade e tudo !

  12. Lucas Adonai setembro 30, 2011 às 3:37 pm #

    Muito bom!
    Parabéns 😀

    • Apenas um Qualquer setembro 30, 2011 às 4:40 pm #

      Lolly, como sempre e voltando e repetindo.. adoro seus texto. quero parceria com seu blog. se estiver interessada, entra em contato comigo. sucesso!

  13. Eumar Lima setembro 30, 2011 às 4:45 pm #

    Texto incrível!

    Parabéns pelo blog.

  14. gavriel setembro 30, 2011 às 4:51 pm #

    a amizade é uma das coisas que mais importa no mundo..
    mas devemos escolher bem
    otimo texto como sempre

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: