29 set

Quando dizem que a vida é um aprendizado, eu não nego. Eu concordo. Quando mais nova, sempre pensem que não existiam inimigos, que todos gostavam da gente. Agora vejo que não existem só os inimigos como existem também os “amigos falsos”. Na verdade, eles não são bem amigos, e nem merecem a nossa confiança. Eles se aproximam da gente, e agem de diversas maneiras, em tempos diferentes. Mas agem só pensando no próprio bem. Eles nos “ajudam” quando querem, mas só pensando no que podem ganhar. Eles só pensam nos próprios interesses. Às vezes a gente quebra a cara quando descobre que aquela pessoa que sempre passou a imagem, o sentimento de querer ser sua amiga pra vida inteira, na verdade só agiu pensando no próprio bem. Às vezes, quando essas pessoas se despedem da gente, a gente já sabe que nossa vida vai mudar. Muitas vezes, elas conseguem informações nossas, que a gente não quer que ninguém saiba, e espalha por ai. Por quê? Para conseguir o que quer. Ser feliz rindo da desgraça dos outros. Ser conhecida. Ser interesseira. Para ganhar tudo o que querem. Mas digo para vocês uma coisa: Uma vez que a gente cai, a gente já aprende a não mais cair. E se a gente não cair nenhuma vez, significa que a gente tem um alto grau de esperteza, de inteligência. Isso nunca aconteceu comigo, mas sei bem como é. Sempre sou conselheira com meus amigos em momentos assim. Quando meus amigos caem em situações dessas, eu sei dar algum conselho. Pois não é porque não aconteceu com a gente, que a gente não sabe como é. A gente vê isso acontecendo quase todo dia, convive todo dia com alguém que já passou por isso. Alguma pessoa que sempre conta tudo para a gente. E com isso, parece que não aconteceu com essas pessoas, aconteceu comigo. Porque, antes de dar algum conselho para alguém, eu me imagino na mesma situação. Depois, dou algum conselho, algum abraço, falo alguma coisa. Sério, eu não brigaria com a pessoa que me fizesse passar por isso se um dia me acontecesse. Brigar não leva a nada. Eu ia é dialogar, tentar entender. E deixar passar. Pois o que aconteceu, já aconteceu. Mas digo para vocês, não é só eu que não curto essas pessoas que fingem serem anjos mas são diabos, que tem mil personalidades por puro interesse. Gosto de gente que tenha mil personalidades, mas por serem assim, e o mais engraçado, é que em algumas pessoas, é realmente isso que dá a graça, dá a alegria. Ela ser uma pessoa numa hora, e depois ser uma diferente. Se isso acontecer de maneira boa, tudo bem. Mas se isso for pra no final dar o bote, eu sei que ninguém gosta. Então, guarde teus segredos para você. No máximo aquela pessoa que faz de tudo para você não desistir de nada que você usufrui na sua vida (elas sabe quem são), você pode contar. Mas o resto? Não conta não. Deixe teus segredos fora de surpresas. E viva feliz, sem ter medo de ter sua vida estragada por alguém que não vale nada!

Anúncios

3 Respostas to “”

  1. Vinícius Paulo setembro 29, 2011 às 4:53 pm #

    Eu tenho que ser repetitivo, mas não dá para não ser. Blog maravilhoso. Sempre bom vir aqui.

  2. Zé dos Filme setembro 30, 2011 às 12:17 am #

    Blog bem interessante, recomendo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: